As Nossas Duas Princesas

quarta-feira, 13 de março de 2013

Estou em choque

Na turma da M. há um miúdo repetente, o I., que tem problemas a nível da fala e do foro psicológico, estando a ser medicado e assistido regularmente por uma psicóloga. Segundo a professora, na 1ª reunião, é uma criança muito temperamental que muda de disposição muito rapidamente, mas com a medicação correcta e desde que ela estivesse sempre por perto a situação era controlável. O maior constrangimento é que isso impedia a professora de dar o apoio que desejaria aos outros alunos, pois não podia andar na sala de carteira em carteira pois o miúdo começava logo a fazer distúrbios. Não é de todo uma situação desejável, mas ...

A questão agora é que, ao que parece, o miúdo na semana passada bateu na professora, inclusive deu-lhe um murro no nariz. A professora conseguiu dominar a situação, mas fiquei chocada ao ponto a que chegou!

Aparentemente a M. está a gerir bem a situação pois o comportamento dela, quer em casa, quer na escola não alterou. Nunca deixou de querer ir à escola e as notas delas estão dentro da normalidade. Eu perguntei-lhe se a situação não a perturba ao que ela me respondeu que sim, mas tenta fazer o que a professora diz: Não ter medo, descontrair e abstrair. A M. disse-me que nessas alturas, respira fundo e pinta para se abstrair. Com ela pelos vistos resulta, mas há crianças que estão a ficar afectadas inclusive já baixaram as notas.

Na reunião de 2º periodo vamos tentar esclarecer e arranjar uma solução. A sorte é que está quase

4 comentários:

  1. Também acho que deveriam falar todos para achar uma solução. Isso assim não está a ser positivo nem para o miúdo, nem para o resto da turma.
    Boa sorte!

    ResponderEliminar
  2. mas tal muido está realmente tomar a medicação? isso que tem que saber se ele a toma ou se esta tem ser ajustada, agora foi a professora um dia destes é um colega, não está a ser situação fácil!
    bjos

    ResponderEliminar